Um melanoma in situ pode causar metástases?

Compartilhar está publicação

Um melanoma in situ é uma lesão pré-maligna, não é uma lesão invasiva. Conceitualmente, não se espera metástases nesse caso. Porém, se observarmos a literatura médica, existem relatos de caso de melanoma in situ com metástases, embora sejam extremamente raros. Uma das explicações para isso é que talvez existam áreas do melanoma agressivo que já sofreram regressão, ou seja, não é mais possível capturar o componente invasivo do tumor e se enxerga apenas um melanoma in situ. No entanto, a lesão foi capaz de gerar metástases. Portanto, teoricamente não é possível um melanoma in situ gerar metástases, mas existem esses relatos de casos, que, importante lembrar, são extremamente incomuns.
A imagem pode conter: texto que diz "DR. RESPONDE! Dr. Rodrigo Rodrigo Munhoz Oncologista CRM 124669 SP Um melanoma in situ pode causar metástases? MELANOMA BRASIL"
 
 
 

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2022 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X