10 dicas para combater o envelhecimento da pele

Compartilhar está publicação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
O envelhecimento da pele é um processo natural, que acompanha o que ocorre com os demais órgãos do corpo. Esse processo pode ser dividido em envelhecimento extrínseco e intrínseco.
O envelhecimento intrínseco é causado pela própria passagem do tempo, e está relacionado às características individuais genéticas de cada pessoa, provocando pele seca, rugas finas, perda da elasticidade e flacidez.
Já o envelhecimento extrínseco está relacionado à ação de fatores externos, principalmente a exposição aos raios ultravioleta, que interferem na qualidade da pele. Diretamente associado ao estilo de vida, o envelhecimento extrínseco provoca rugas profundas, flacidez, espessamento da pele, manchas, perda da elasticidade, além de aumentar o risco de surgimento de lesões cutâneas pré-cancerosas e do próprio câncer de pele.
Agressões ambientais, como frio, vento e poluição, também aceleram o envelhecimento extrínseco, assim como o tabagismo e uma alimentação inadequada, que pode causar carência de vitaminas e ressecamento da pele.
Enquanto o envelhecimento cronológico é um processo natural e inevitável, o envelhecimento extrínseco pode ser retardado, o que ajuda a manter a pele mais bonita e saudável e ajuda a prevenir o câncer de pele. Confira 10 dicas para combater esse processo:
• Use diariamente filtro solar com FPS 30, no mínimo.
• Utilize métodos de barreira para bloquear a radiação solar, como óculos, chapéus e roupas com proteção UV.
• Evite o sol nos horários de pico, das 10h às 16h.
• Consuma no mínimo dois litros de água por dia.
• Hidrate a pele com um produto apropriado diariamente.
• Mantenha uma dieta balanceada.
• Não fume.
• Pratique exercícios físicos regularmente.
• Durma o suficiente.
• Higienize a pele ao final de todos os dias, para combater os efeitos da poluição.

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Eu Senti na Pele
Blog

Andressa Gontijo

Uma pinta estranha no colo causou desconfiança na Andressa Gontijo, veterinária de 39 anos. Ela precisou percorrer um longo caminho até finalmente obter um diagnóstico

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2021 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X