Quem fez esvaziamento axilar pode se submeter a procedimentos estéticos na região?

Compartilhar está publicação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
O esvaziamento axilar, procedimento cirúrgico realizado em alguns casos de melanoma metastático, pode provocar efeitos adversos. Um dele é o seroma, o acúmulo de líquidos na região axilar. Outro é o linfedema, o aumento do volume do braço. Em alguns casos, pode haver limitações motoras e perda da sensibilidade do braço.
Esses efeitos são tratáveis na grande maioria dos casos. É importante prestar atenção e comunicar ao médico qualquer alteração ou sintoma, para iniciar o tratamento o mais rapidamente possível.
Além disso, pacientes que se submeteram ao esvaziamento axilar devem tomar alguns cuidados para evitar complicações. Nos meses seguintes ao procedimento, devem evitar injeções e vacinas no lado operado, bem como o contanto com substâncias irritantes. Nesse período, o melhor é evitar massagens ou procedimentos estéticos na região, drenagem ou depilação. Desodorantes podem ser usados normalmente.
Essas limitações são temporárias na grande maioria dos casos, e o médico libera a realização do procedimento conforme a evolução de cada caso. É conveniente que os pacientes também conversem com o médico antes de realizar qualquer procedimento que envolva a manipulação ou a punção no braço operado, para evitar infeções e outros problemas.
A imagem pode conter: texto que diz "DR. RESPONDE! Dr. Rodrigo Munhoz Oncologista Rodrigo Rodrigo Munhoz Oncologista CRM 124669 SP Quem fez esvaziamento axilar pode se submeter a procedimentos estéticos na região? MELANOMA BRASIL"
 
 
 
 

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2020 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X