Tenho melanoma, posso contratar um plano de saúde?

Compartilhar está publicação

Nossos consultores jurídicos Carla de Santis Gil Fernandes OAB/SP 167.661 e Everson de Paula Fernandes Filho OAB/SP 206.697 respondem a esse questionamento comum entre os pacientes oncológicos. Confira:
“O paciente diagnosticado com melanoma ou outro tipo de câncer não pode ser impossibilitado de contratar um plano de saúde.
Se um paciente com câncer ou outra doença pré-existente for impedido de contratar um plano ou seguro de saúde, a recusa poderá ser interpretada como ato discriminatório. Entretanto, algumas limitações podem ser aplicadas pela Operadora de saúde para quem tem doenças pré-existentes.
Para estes casos, a Lei dos Planos de Saúde (Lei 9.656/98) estabelece que os pacientes deverão cumprir carência máxima de 24 meses para realização de procedimentos de alta complexidade (quimioterapia, tomografia, ressonância etc), cirurgias e leitos de alta tecnologia (UIT/CTI) relacionados ao câncer. Estes procedimentos estão relacionados no rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
Algumas operadoras de saúde oferecem ao paciente a possibilidade de agravo na mensalidade do plano. Isto significa que o paciente, a seu critério, poderá pagar um valor maior na mensalidade para diminuir o prazo de carência oferecido pela Operadora.”

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2022 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X