Cuidados com a pele das pessoas idosas

Compartilhar está publicação

Segundo o IBGE, as pessoas idodas representam quase 15% da população brasileira. 

O envelhecimento da pele é um processo comum e natural, que acompanha o que ocorre com os outros órgãos do corpo. No entanto, o processo de envelhecimento cronológico, decorrente do passar do tempo, pode ser agravado por fatores ambientais e comportamentais, como tabagismo, sedentarismo, alimentação e, especialmente, exposição aos raios solares.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD),  grande parte das marcas que observamos na pele envelhecida é decorrente da exposição crônica à radiação solar por várias décadas. Portanto, quanto antes começarmos as medidas de fotoproteção, melhor, já que a radiação ultravioleta tem efeitos cumulativos.

No entanto, mesmo adotando todas as medidas de proteção, a pele inevitavelmente  sofre mudanças com o passar dos anos. Por isso, as pessoas idosas precisam de alguns cuidados especiais:

Hidratação reforçada: A perda da água é uma característica do envelhecimento da pele. Use diariamente um bom hidratante no rosto e no corpo, apropriado para peles sensíveis.

Cuidado no banho: para não agredir a pele,  evite os banhos muito quentes e longos. Dê preferência aos sabonetes neutros.

Controle no consumo de açúcar: doces e alimentos ricos em açúcar elevam o índice glicêmico e contribuem para o fenômeno da glicação, ou seja, degeneração das estruturas que sustentam a pele, o colágeno e elastina. Consuma com (muita!) moderação.

Hábitos de vida saudáveis: Evitar o tabagismo, o consumo excessivo de álcool, manter uma dieta balanceada e praticar exercícios físicos são hábitos que fazem bem para o corpo e ajudam a manter a saúde da pele.

Tumores cutâneos em pessoas idosas

Os tumores cutâneos têm relação direta com a exposição aos raios ultravioletas e estão entre as doenças mais comuns entre os maiores de 65 anos, segundo a SBD.

Assim, é importante que as pessoas idosas reforcem as estratégias de fotoproteção e evitem a exposição solar desprotegida.

Algumas medidas importantes nesse sentido são:

  • Usar filtro solar com FPS 30, no mínimo, diariamente, inclusive nos dias frios e chuvosos.
  • Usar óculos escuros, bonés e outros acessórios quando sair ao ar livre.
  • Evitar a exposição nos horários de sol forte.
  • Conhecer os sinais do câncer de pele e fazer um autoexame periodicamente, buscando ajuda médica se encontrar qualquer sinal suspeito.
  • Consultar um dermatologista uma vez por ano.

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Blog

Cuidados com a pele das pessoas idosas

Segundo o IBGE, as pessoas idodas representam quase 15% da população brasileira.  O envelhecimento da pele é um processo comum e natural, que acompanha o

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2022 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X