Roupas com proteção UV, aliadas da pele

roupas com proteção UV são grandes aliadas na nossa pele

Compartilhar está publicação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

As roupas com proteção UV são uma das melhores maneiras de proteger a pele contra os raios solares e prevenir o melanoma e outros tipos de tumores cutâneos. Ao contrário dos filtros solares, que precisam de reaplicação constante, elas oferecem uma barreira física e permanente contra a radiação solar, sendo um importante complemento aos filtros.

A criação dos tecidos inteligentes, que bloqueiam os raios solares,  ocorreu no final dos anos 1990, na Austrália, país com maior incidência de melanoma no mundo. Eles são produzidos de diferentes formas. Existe um método que prevê a lavagem do tecido com produtos químicos, dotados de ativos fotoprotetores, que bloqueiam os raios UVA e UVB.

 Outro método dispensa o uso de produtos químicos, pois gera a proteção no próprio processo de construção dos tecidos. Em ambos os casos, a blindagem contra os raios solares inicia imediatamente após vestir a peça, e dura enquanto permanecer vestido.

Fator de Proteção Ultravioleta

Seja qual for o tipo de tecido, as roupas com proteção UV favorecem quem tem ou teve câncer de pele ou simplesmente deseja andar sempre protegido. Existe uma grande variedade de modelos, com opções adequadas para diferentes estilos, idades e estações do ano.  Aliás, as peças protegem até mesmo partes do corpo que normalmente ficam expostas, como as mãos e o pescoço.

Para medir o nível de proteção de uma roupa ou acessório usa-se o FPU (Fator de Proteção Ultravioleta). Um nível satisfatório de proteção começa com o FPU 15. A maioria dos modelos comercializados oferecem FPU 40 ou 50, que bloqueiam mais de 97% dos raios solares, oferecendo, portanto, um excelente nível de proteção.

Lembrando que as roupas com FPU funcionam como um excelente complemento do filtro solar tópico, mas não um substituto dele. Mesmo usando as roupas com proteção, é necessário aplicar o filtro diariamente nas áreas expostas, e reaplicar sempre que necessário. 

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Não é só o paciente que sente na pele o melanoma. A médica Camilla Oliari conta como a história de sua avó, Dona Yvone, paciente de melanoma metastático, modificou sua vida e suas escolhas.
Blog

Camilla Oliari

Como sempre falamos aqui, não é apenas o paciente que sente o melanoma na pele. Aos 9 anos, Camilla Oliari viveu a difícil experiência de

Tereza de Fátima e Silva descobriu o melanoma em estágio inicial.
Blog

Tereza de Fátima e Silva

A Tereza de Fátima e Silva vive em São Bento do Sapucaí, no interior e São Paulo, e trabalha como costureira. Alguns anos atrás, ela

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2021 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X