Qual o melhor filtro solar para pacientes de melasma?

Compartilhar está publicação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
O melasma se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras na pele, mais comuns no rosto, mas que podem ocorrer em qualquer parte do corpo. É uma dermatose pigmentar decorrente da concentração de melanina, o pigmento que dá cor á pele.
Mais frequente em mulheres de 20 a 50 anos, o melasma pode ocasionalmente surgir em homens. Não tem uma causa única definida, mas está associado à gravidez, ao uso de alguns anticoncepcionais e, principalmente, exposição aos raios ultravioletas.
Pacientes que têm melasma precisam reforçar a fotoproteção para evitar o surgimento de novas manchas ou a piora das já existentes. É importante usar filtro solar com FPS 30, no mínimo, todos os dias, e reaplicá-lo a cada duas ou três horas, inclusive quando estiver dentro de casa.
Na hora de escolher o protetor, o ideal é optar por um filtro solar com cor. Além da proteção química, o produto oferece também a proteção física, pois o pigmento presente em sua formulação inibe de maneira mais eficaz o escurecimento das manchas. O filtro pigmentado também é a melhor opção para proteger a pele da radiação emitida por tablets, celulares e outros equipamentos eletrônicos. Embora não cause câncer de pele, esse tipo de radiação pode agravar o melasma.
A imagem pode conter: texto que diz "QUESTÃO DE PELE Dra. Ana Cristina Guimarães Martins Dermatologista CRM 16648 PR Qual é O melhor filtro solar para os pacientes de melasma? MELANOMA BRASIL"
 
 
 
 

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

A psicóloga Ana Paula Cervi sentiu na pele o melanoma, câncer de pele mais perigoso
Blog

Ana Paula Cervi Colling

No ano passado, a psicóloga Ana Paula Cervi Colling descobriu que uma pinta na coxa esquerda, diferente de todas as outras que tinha, não era

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2021 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X