Doenças benignas podem se parecer com o câncer de pele?

Existem algumas doenças de pele não neoplásicas que podem ser parecidas com o câncer de pele não melanoma e, assim, confundir o paciente, como a psoríase, os eczemas e a rosácea. Em comum elas têm o fato de serem doenças que apresentam manchas avermelhadas, com ou sem descamação, cada uma com características específicas. 

PSORÍASE – doença inflamatória crônica que pode provocar placas avermelhadas, que surgem com mais frequência no couro cabeludo, cotovelos, joelhos, mãos e unhas, mas também podem aparecer em outras regiões do corpo e acometer a pele de forma generalizada.  Podem ter algum prurido (coceira).

 

ECZEMAS –  irritação cutânea que pode causar diferentes tipos de lesões avermelhadas, geralmente com prurido local. Os eczemas podem ser de contato, seborreicos e atópicos, entre outras.

 

ROSÁCEA – doença que causa vermelhidão na face, podendo apresentar pápulas e pústulas. Geralmente piora com ingestão de líquidos quentes, bebidas alcoólicas, condimentos e exposição ao sol ou calor.

 

Quando devemos ficar alertas?

Muita atenção a manchas avermelhadas persistentes, que não melhoram mesmo após o tratamento das condições benignas, bem como a feridas que não cicatrizam. Muitas vezes um câncer de pele não melanoma surge com a aparência de uma “espinha” que não cicatriza, aumenta de tamanho e  apresenta ulceração central. Em casos de manchas ou lesões suspeitas, não deixe de consultar um médico para esclarecer dúvidas e confirmar o diagnóstico.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.