Top plus size Fluvia Lacerda é fotografada para campanha preventiva contra o melanoma

Compartilhar está publicação

Em “Eu protejo a minha pele”, modelo promove engajamento para a proteção do maior órgão do corpo humano

 

A modelo brasileira Fluvia Lacerda, reconhecida mundialmente como a Gisele Bündchen plus size, posou para a campanha “Eu protejo a minha pele”, uma iniciativa do Instituto Melanoma Brasil, ONG que atua na divulgação e conscientização sobre o melanoma, o tipo de câncer de pele mais agressivo e letal que existe. A ação de comunicação começa a ser veiculada agora em maio, mês internacional de combate a doença, e visa disseminar conhecimento sobre o tema e engajamento para proteção do maior órgão do corpo humano.

Considerada uma das principais ações do Instituto, a campanha, em formato de ensaio fotográfico, conta com outra abordagem: “Eu senti na pele”, que é estrelada por pacientes reais compartilhando suas histórias e mensagens de alerta, uma vez que a doença não escolhe cor, raça, sexo nem idade.

“Quando me mudei para Nova Iorque tive a oportunidade de trabalhar para uma família que havia acabado de perder a mãe com câncer de pele. Essa situação mudou totalmente minha compressão sobre o valor de proteger minha pele. Até então não entendia os riscos de crescer com a pele exposta ao sol sem proteção”, contou a top.

A campanha contou ainda com a participação da atriz Flávia Alessandra, embaixadora da ação neste ano. A cantora e atriz Fabi Bang também apoiou a causa e foi clicada para a ação. “Hoje entendo o valor de campanhas que alertam a população da importância de proteger a pele do sol. Espero que histórias tristes como essa que testemunhei, não venham a se repetir”, conclui Fluvia.

Mais comum entre os brasileiros, o câncer de pele sozinho apresenta mais casos no País do que os outros 17 tipos de tumores, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). O melanoma é um tipo de câncer de pele originado nos melanócitos – células que produzem a melanina, substância responsável pela cor da pele.  O melanoma representa apenas 5% das neoplasias malignas da pele, mas é o de maior gravidade e mortalidade devido a sua alta chance de produzir metástases – quando as células tumorais comprometem outros órgãos tais como fígado, pulmões e cérebro.

Clique aqui para conferir a campanha completa e baixar as imagens em alta resoluçãohttps://goo.gl/YhOqE2

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2022 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X