Quem teve melanoma pode ser doador de órgãos?

Compartilhar está publicação

Pacientes que tiveram melanoma não são elegíveis para a doação de órgãos ou de medula óssea, mesmo que se trate de um tumor in situ ou de um tratamento finalizado com sucesso há muito tempo. O histórico de melanoma inviabiliza a doação de órgãos não afetados pois algumas células cancerígenas podem permanecer no organismo, mesmo após a remoção do tumor. No entanto, assim como no caso da doação de câncer, os pacientes que desejam contribuir com a causa não precisam e nem devem desistir! Existem inúmeras maneiras de se mobilizar: trabalho voluntário, participação em campanhas de incentivo, divulgação de informações… Opções não faltam! Atualmente, o Brasil tem quase 33 mil pessoas à espera de um órgão ou tecido ocular. Toda forma de participação é extremamente importante!

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2022 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X