Passo o dia dirigindo, preciso me proteger do sol?

Nem todo mundo se dá conta, mas dirigir expõe a pele (e os olhos!), aos efeitos da radiação ultravioleta. Quem está mais exposto são os profissionais que cumprem longas jornadas durante o dia, nas estradas e no trânsito das grandes cidades.

A radiação solar consegue atingir o veículo, ainda que com menor intensidade do que quando se está a pé. Carros mais antigos, com vidros 100% transparentes, normalmente deixam passar cerca de 40% dos raios ultravioleta; modelos mais recentes, com vidro verde, diminuem esse percentual consideravelmente.

A película de proteção solar, ou insulfilm, bloqueia até 79% dos raios solares. Mas, para usá-la, precisamos obedecer às regras de trânsito, que estabelecem um mínimo de 28% de transparência nos vidros traseiros ou laterais do carro. 
Os motorista precisam reforçar a proteção solar, para evitar o câncer melanoma e outros problemas de pele. Se essa é a sua profissão, use filtro com FPS 30, no mínimo, diariamente a reaplicando a cada quatro horas. Os óculos escuros também são indispensáveis para evitar danos aos olhos.

Por último, cuidado com o hábito de dirigir com um braço para fora do vidro, pois pode aumentar o risco de queimaduras. Trabalhe com segurança, proteja sua pele.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.