Compartilhar está publicação

O SOL E A PELE

 

O sol é essencial à vida e traz diversos benefícios ao organismo, como a melhora no humor e o auxílio à síntese da vitamina D. No entanto, a exposição excessiva pode ocasionar danos como queimaduras, manchas, desidratação, envelhecimento precoce e o câncer de pele. Isso porque o sol emite raios ultravioleta, que danificam a cútis.

 

Existem três tipos de radiação ultravioleta:

 

  • UVA: causa envelhecimento cutâneo e pode causar câncer de pele.
  • UVB: causa vermelhidão, queimadura solar e predispõe ao câncer de pele.
  • UVC: é filtrada pela camada de ozônio da atmosfera.

 

Assim, é muito importante apostar na proteção solar durante o ano todo, e não somente no verão, inclusive nos dias nublados e com pouca luminosidade. O filtro solar ideal deve proteger contra os raios ultravioleta A e B.

 

E qual a quantidade correta de filtro que devemos aplicar?

Para facilitar a compreensão utilizamos a “regra da colher de chá”:

 

Face: 1/2 colher de chá.

Tronco: 1 colher de chá.

Costas: 1 colher de chá.

Membros superiores: 1 colher de chá para ambos.

Membros inferiores: 1 colher de chá para cada.

 

Atualmente há vários filtros solares disponíveis.  Procure um com fator de proteção 30, no mínimo,  que se adapte ao seu tipo de pele e faça do uso dele uma rotina. Assim, você poderá curtindo apenas o melhor do sol.

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2022 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X