Maquiagens com FPS não substituem protetor solar!

Bases, cremes e hidratantes com FPS não substituem o filtro solar

Compartilhar está publicação

O uso diário de filtro solar é fundamental para prevenir o melanoma, mas será que maquiagens com FPS substituem o protetor solar? Embora exista uma grande quantidade de opções no mercado, com as mais variadas texturas e colorações, maquiagens com FPS não substituem protetor solar, pois não funcionam como um bloqueador tradicional e em geral têm FPS baixo.

Portanto, adoradoras de um bom make up, lembrem-se sempre que o protetor solar sempre vem antes da maquiagem. O ideal é fazer a limpeza e hidratação da pele, com produtos apropriados, e, sem seguida, aplicar o filtro com FPS 30, no mínimo. Espere uns minutinhos para a pele absorver os produtos e  pode caprichar no visual como desejar!

Protetor com cor

 A boa notícia é que, se maquiagens e cremes com FPS não substituem o filtro solar, também não o anulam.  Pelo contrário – podem e devem ser usados em conjunto. O segredo é aplica na ordem certa, como já explicamos acima, e  reaplicar  o protetor ao longo do dia. Caso não consiga lavar o rosto, sem problemas. Pode reaplicar o protetor por cima da maquiagem. Só não deixe de reaplicar! Assim, você estará mais protegida contra os efeitos da radiação ultravioleta, prevenindo o melanoma e outros tipos de câncer de pele.

Para quem faz questão de andar com a pele bem protegida,  mas não quer perder tempo, uma opção certeira é o filtro solar com cor. Além de proteger a pele contra os raios solares, os filtros com cor protegem também contra a luz visível que emana dos tablets, celulares e outros equipamentos eletrônicos, e pode provocar manchas e rugas na pele. Além disso, o filtro com cor pode ficar no lugar da base, agilizando o processo diário de embelezamento. O segredo, mais uma vez, é escolher um produto  Aproveite nossas dicas para andar linda e bem protegida!

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Carine Santa a e sua filha, MAria Clara, paciente de melanoma
Eu Senti na Pele

Carine Santana

Carine Santana, 28 anos, de Vitória (ES),  nunca tinha ouvido falar em melanoma. Foi uma grande surpresa para quando Maria Clara, sua filha de 8

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2023 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter