Como prevenir o câncer de pele

O câncer de pele é o mais comum no Brasil, com cerca de 180 mil novos casos  registrados a cada ano pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA). O melanoma, tipo de câncer de pele mais agressivo e potencialmente letal, também é o mais raro.

Devem ficar especialmente atentas as pessoas de pele clara, que se queimam facilmente quando expostas ao sol, pessoas com sardas, cabelos claros, ruivos, olhos claros, histórico de queimaduras solares, pessoas com histórico de câncer de pele na família ou com muitas pintas no corpo.

Felizmente, existem diversas maneiras de evitar o câncer de pele. Confira seis dicas para prevenir a doença:

  • Evitar a exposição excessiva ao sol e permanecer na sombra entre as 10 e 16 horas
  • Usar chapéu, camiseta, óculos escuros, protetor solar e, se possível, camiseta de mangas longas e calças.
  • Na praia ou na piscina, usar guarda sol e barracas de algodão ou lona, evitando os de nylon.
  • Usar o fotoprotetor diariamente, e não apenas nos momentos de lazer. Escolher produtos com FPS 30, no mínimo, com proteção contra as radiações UVA e UVB, reaplicando a cada duas horas quando expostos.
  • Observar a própria pele, buscando identificar pintas, manchas e feridas suspeitas.  Uma vez ao ano, ir ao dermatologista para uma avaliação específica.
  • Evitar o bronzeamento artificial, pois aumenta em 75% o risco de câncer de pele, especialmente se feito antes dos 35 anos.

Vale lembrar que o melanoma é o tipo menos frequente e com o maior índice de mortalidade. Porém, se diagnosticado de forma precoce, as chances de curam chegam a mais de 90%. Fique de olho na sua pele!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.