Quais são as radiações emitidas pelo sol?

Compartilhar está publicação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O sol emite alguns tipos de radiação, cada qual com um efeito diferente sobre a pele:

  • Radiação infravermelha: responsável pela produção de calor.
  • Luz visível: toda a luz que enxergamos a olho nu.
  • Radiação ultravioleta A: constante ao longo do dia, penetra profundamente na pele, atravessa vidros, e é responsável pelo bronzeamento e pelo surgimento de manchas e rugas, além de poder provocar câncer de pele.
  • Radiação ultravioleta B: incide com mais intensidade das 10h às 16h, penetra mais superficialmente, provoca vermelhidão, queimaduras e pode causar câncer de pele.  
  • Radiação ultravioleta B: não atinge a superfície terrestre.

A proporção de radiação UV que alcança a superfície terrestre pode variar de acordo com a altitude, latitude, estação do ano, condições climáticas e ambientais.

A mesma radiação que, de forma benéfica, estimula a produção de vitamina D, pode induzir, além do envelhecimento, o câncer de pele.

Diferentes estudos mostram a correlação entre os raios UVA e UVB  e o desenvolvimento de carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma maligno.

A fotoproteção tem sido a maneira mais eficaz para prevenir esses efeitos maléficos.  Ao escolher o filtro solar, busque um produto adequado ao seu tipo de pele, que tenha boa eficácia e aspecto cosmético agradável.

Além disso, não se esqueça de combinar o uso do filtro solar com acessórios como chapéus, óculos e guarda-sol.  É importante reaplicar o produto a cada duas horas, ou sempre que houver contato com a água ou sudoreses excessiva.

 

 

 

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Não é só o paciente que sente na pele o melanoma. A médica Camilla Oliari conta como a história de sua avó, Dona Yvone, paciente de melanoma metastático, modificou sua vida e suas escolhas.
Blog

Camilla Oliari

Como sempre falamos aqui, não é apenas o paciente que sente o melanoma na pele. Aos 9 anos, Camilla Oliari viveu a difícil experiência de

Tereza de Fátima e Silva descobriu o melanoma em estágio inicial.
Blog

Tereza de Fátima e Silva

A Tereza de Fátima e Silva vive em São Bento do Sapucaí, no interior e São Paulo, e trabalha como costureira. Alguns anos atrás, ela

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2021 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X