Por que a pele envelhece?

Compartilhar está publicação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O envelhecimento é um processo natural e progressivo que ocorre em todos os órgãos do corpo. No entanto, não apenas a passagem do tempo provoca essas mudanças. Podemos dividir o envelhecimento em dois tipos:

– Envelhecimento intrínseco ou cronológico:  processo natural de desgaste que ocorre nas demais partes do corpo. É determinado pela genética e por fatores biológicos que escapam ao nosso controle. Com o passar dos anos, a produção de colágeno diminui, a renovação cutânea fica prejudicada, a qualidade elastina, da fibra que dá sustentação à pele, piora e a cútis se torna mais ressecada.

– Envelhecimento extrínseco: está diretamente associado aos hábitos de vida e decorre dos danos provenientes do meio externo, especialmente a exposição aos raios ultravioletas, que tem efeitos crônicos na pele, levando a alterações no DNA e formação de radicais livres. É mais visível e intenso, podendo provocar rugas, manchas e até mesmo o desenvolvimento do câncer de pele. Poluição, tabagismo, sedentarismo, dieta inadequada, consumo exagerado de álcool e pouca ingestão de água também podem acelerar o processo.

O envelhecimento extrínseco, portanto, pode ser acelerado ou retardado. Manter um estilo de vida saudável, com alimentação balanceada, ingestão diária e adequada de pelos menos dois litros de água e prática regular de atividades físicas ajudam a manter a pele bonita e saudável.

No combate ao envelhecimento extrínseco, não podemos nos esquecer da fotoproteção, que deve ser realizada o ano todo nas áreas expostas ao sol. Além do filtro solar com FPS 30, no mínimo, com reaplicações frequentes,  podemos otimizar a fotoproteção com o uso de guarda-sol, óculos de sol, chapéu e roupas.  Evitar a exposição direta entre as 10 horas da manhã e às 16 horas da tarde e ficar na sombra o máximo possível também é importante.

Além das medidas já citadas, a beleza da pele está relacionada ao controle de doenças crônicas e a prática de atividades que contribuam para a saúde mental.

 

 

 

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

A psicóloga Ana Paula Cervi sentiu na pele o melanoma, câncer de pele mais perigoso
Blog

Ana Paula Cervi Colling

No ano passado, a psicóloga Ana Paula Cervi Colling descobriu que uma pinta na coxa esquerda, diferente de todas as outras que tinha, não era

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2021 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X