Manual anti-câncer

A alimentação é motivo de atenção como fator de influência no surgimento de um câncer. Hoje, sabe-se que de 30% a 50% de todos os tumores podem ser evitados com ajustes no estilo de vida. Não à toa, o Fundo Mundial para Pesquisa em Câncer e o Instituto Americano para Pesquisas em Câncer criaram o Relatório de Especialistas, um compilado que reúne comportamentos eficazes contra tumores. A primeira versão foi criada em 2007, a segunda veio dez anos depois e a terceira foi publicada em dezembro passado.

1 – Mantenha um peso saudável

Manter o peso é muito valorizado na luta contra o câncer. Recentemente, uma pesquisa associou a obesidade a 13 tipos de tumores. Pessoas obesas apresentam um estado de inflamação sistêmica, têm alterações em células de defesa e convivem  com altos níveis de insulina em circulação, condições apropriadas para incitar a proliferação celular e o aparecimento da doença.

2 – Faça atividade física

Não importa o peso, ser ativo defende o organismo contra tumores. Existem recomendações de 150 minutos de atividade aeróbica moderada por semana. Vale pedalar, caminhar ou nadar.

3 – Aposte em grãos, verduras e feijões

O ideal é consumir 30 gramas dela por dia. O combo de vegetais fornece uma porção de antioxidantes que são capazes de proteger células de agressões do meio externo.

4 – Evite fast-food e ultraprocessados

Batata frita, hambúrgueres e aqueles industrializados que passam por diversos processos estão na lista. O problema é que tais itens são abastecidos de gorduras, carboidratos simples e sódio, conjunto que, em excesso, contribuem para o aumento de peso, fator de risco para o câncer.

5 – Coma menos carne vermelha

As vantagens dela são indiscutíveis, mas comer sempre não é bacana, já que, ao ir ao fogo, o alimento libera substâncias de potencial cancerígeno. Para amenizar os danos, vale apostar nos preparos como cozido e ensopado, além de limitar o consumo a três vezes por semana.

6 – Limite bebidas açucaradas

Isso inclui refrigerantes, néctares, refrescos e até mesmo sucos de frutas. Segundo pesquisas, esses tipos de bebidas são a causa de ganho de peso. Outro ponto é que o excesso de açúcar é temerário porque, nessas substâncias, há maior liberação de insulina.

7 – Maneire no álcool

Os motivos são inúmeros, entre eles a produção de radicais livres, prejuízos em mecanismos de reparo do DNA e atuação como solvente, o que facilita a entrada de substâncias cancerígenas nas células. Vale esclarecer, que todos os tipos de bebidas têm impacto semelhante no risco da doença.

8 – Não tome cápsulas por conta

É errado investir em suplementos com altas concentrações de fibras e vitaminas. Na prática, isso pode abrir as portas para a doença. Se a pessoa desconfia de que está com déficit de vitaminas e minerais, é fundamental buscar um especialista.

9 – Amamente (atenção mães)

A gestação e amamentação impõem alterações hormonais à mulher. Com isso, o risco de câncer, inclusive o de mama, cai. A vantagem é mais nítida se a gestação acontecer antes dos 35 anos.

10 – Continue se cuidando

Para quem está lutando contra o câncer, o conselho é sempre buscar uma vida saudável!

Acesse o relatório completo, e em inglês, no link a seguir:  https://www.wcrf.org/dietandcancer/about

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.