Doutor, qual a diferença entre a DERMATOSCOPIA DIGITAL e a DERMATOSCOPIA CONVENCIONAL?

Compartilhar está publicação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Doutor:

Primeiramente, é preciso entender o que é a dermatoscopia. 

A dermatoscopia (datada desde o século XVII) é um método utilizado para visualizar uma lesão de pele através de lentes de aumento. Isso possibilita a visualização de elementos e estruturas que não conseguiríamos ver a olho nu. Dependendo das características presentes, elas podem indicar possíveis lesões malignas (câncer de pele). O aparelho usado para a realização da dermatoscopia é o dermatoscópio. 

A dermatoscopia é considerada “convencional” quando o dermatoscópico utilizado NÃO possui um processador eletrônico da imagem. Ou seja, o médico vê somente através das lentes do aparelho. Geralmente, a ampliação da imagem é de até 20 X. É possível acoplar uma câmera fotográfica em alguns dermatoscópios convencionais.

Já na dermatoscopia “digital”, o aparelho é uma microcâmera onde um computador processa a imagem e a leva para uma tela de computador. A ampliação pode chegar até 70 X, em alta resolução. Com estes aparelhos, a imagem pode ser gravada no computador e, consequentemente, pode ser utilizada para realizar uma comparação no futuro.


Até a próxima pergunta!

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

A psicóloga Ana Paula Cervi sentiu na pele o melanoma, câncer de pele mais perigoso
Blog

Ana Paula Cervi Colling

No ano passado, a psicóloga Ana Paula Cervi Colling descobriu que uma pinta na coxa esquerda, diferente de todas as outras que tinha, não era

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2021 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter

X