Pacientes que tiveram melanoma podem fazer depilação a laser?

Compartilhar está publicação

Apesar de os equipamentos a laser para finalidades estéticas não oferecerem risco de causar câncer de pele, a depilação a laser não é recomendada para pacientes ou ex-pacientes de melanoma. Isto porque ainda não há estudos conclusivos para confirmar se pode ou não ocorrer alteração de nevos após o procedimento. O ideal é que quem trata um melanoma ou faz acompanhamento não se submeta a procedimentos que possam modificar a forma dos sinais, para que qualquer mudança ou anormalidade seja facilmente identificada pelo médico. Assim, não é recomendável que façam depilação a laser ou outros procedimentos que possam interferir no exame da pele.

Receba nossa newsletter

Newsletter

Explore outros temas

Carine Santa a e sua filha, MAria Clara, paciente de melanoma
Eu Senti na Pele

Carine Santana

Carine Santana, 28 anos, de Vitória (ES),  nunca tinha ouvido falar em melanoma. Foi uma grande surpresa para quando Maria Clara, sua filha de 8

Instituto Melanoma Brasil

faça sua parte, doe!

Receba nossa newsletter

Siga-nos nas redes sociais

Inscreva-se no canal

© 2023 Melanoma Brasil // Todos os direitos reservados

Seja um voluntário do Instituto

Faça parte do nosso banco de voluntários. Clique abaixo e preencha um formulário com seus dados e entraremos em contato para que você possa participar, com seus talentos, de ações desenvolvidas pelo Melanoma Brasil.

Faça sua doação!

small_c_popup.png

Cadastre-se

Receba nossa newsletter

Newsletter