A vitamina D é considerada um pré-hormônio e desempenha um importante papel na saúde óssea e equilíbrio do cálcio. Sua deficiência pode causar doenças como osteoporose e aumentar o risco de quedas e fraturas, principalmente na população idosa. No entanto, pequenas doses de sol bastam para fazer a síntese da vitamina, especialmente em um país tropical como o Brasil. Por isso, nada de exagero! É importante que a exposição ocorra com fotoprotetor e se evite os horários de pico da radiação UV, das 10 às 16 horas. Quem tiver deficiência deve tomar suplementos de vitamina D, mas sempre com acompanhamento médico, pois o excesso é prejudicial ao organismo. A vitamina D pode ser encontrada também nos alimentos, como salmão, cavala, atum, sardinha, cogumelos cultivados no sol e óleo de peixe. Porém, esses artigos não fazem parte da dieta da maioria dos brasileiros na quantidade adequada.