PACIENTE:

Doutor, o que é a mutação de BRAF? Ela aumenta o risco de metástase?

DOUTOR:

Todo câncer nasce a partir de alterações sucessivas do material genético, ou DNA das células, também chamadas de mutações. Uma dessas alterações genéticas, no melanoma, é a mutação do gene BRAF. Ela acontece em aproximadamente 40-50% dos casos da doença. Ainda que os dados de literatura sejam um pouco controversos, aparentemente a presença de mutação do BRAF está relacionada a um risco um pouco maior de melanomas profundos e metástases. Em contrapartida, essa mesma mutação serve de alvo para novos medicamentos extremamente eficazes no tratamento do melanoma: os inibidores do BRAF e inibidores do MEK.